Skip to main content
sobreposição de revestimento

Reforma sem obra: aprenda a sobrepor revestimentos!

Existem diversas maneiras práticas de dar uma cara nova a um ambiente sem passar pelo transtorno do “quebra-quebra”, evitando aquela geração de entulhos, resíduos e poeira. O segredo é escolher os materiais adequados e aplicá-los de forma correta. Sendo assim, a sobreposição de revestimentos é uma ótima opção para quem quer fugir da bagunça das reformas com praticidade e baixo desperdício de material. Neste artigo a Castor separou algumas dicas para ajudá-lo na hora de reformar, confira!

sobreposição de revestimento

Quando a reforma não exige modificações estruturais, a sobreposição de revestimentos é um ótimo recurso para mudar o ambiente. Para pisos e paredes, a sobreposição consiste no assentamento de um novo material sobre o antigo, utilizando, por exemplo, cola ou argamassa especial. Se você optar pela sobreposição dos pisos, por exemplo, o rodapé também precisará de atenção, devendo ser substituído por um novo. Caso contrário, vai apresentar diferença na espessura e, consequentemente, comprometer a estética.

Confira os revestimentos mais indicados para realizar sobreposição:

PORCELANATO

Por ter uma espessura fina e pouco peso, esse material acaba facilitando o assentamento de um piso sobre o outro. Os porcelanatos tradicionais medem cerca de 10mm de espessura, enquanto os porcelanatos Slim apresentam espessura média de 4mm, tamanhos ideais para assentamento diretamente sobre o contrapiso. O porcelanato é indicado para aplicação sobre piso cerâmico, porcelanato e pedras, desde que estejam bem assentadas. O porcelanato, tanto em seu formato tradicional quanto o Slim, é muito versátil e pode ser instalado em áreas internas e externas.

VOCÊ SABIA? 

A desempenadeira de Aço Inox 12×30 da Castor é campeã de vendas da categoria! Ela garante excelente maleabilidade e altíssima qualidade no uso de diversos tipos de massas e gesso! Garanta já a sua!

CERÂMICA

Práticos, econômicos, duráveis e fáceis de limpar, os revestimentos de cerâmica podem ser assentados sobre outros desde que o anterior esteja totalmente nivelado e fixado à parede ou ao chão. No entanto, é preciso verificar se já ocorreu incidência de estufamento ou descolamento do material original, até mesmo em alguma parte dele, pois neste caso a sobreposição é contraindicada.

A cerâmica pode ser aplicada sobre a própria cerâmica ou porcelanato, desde que estejam bem assentados e utilize argamassa industrializada, que tem, em sua formulação, adições essenciais para atender às características necessárias ao sistema de revestimento. As versões esmaltadas possuem alta resistência a ambientes úmidos, portanto, são indicadas para banheiros, cozinhas e áreas de serviço.

VINÍLICO

No caso da sobreposição de um piso vinílico sobre o cerâmico, será preciso nivelar a superfície com uma massa especial que preencha toda a área de rejunte existente, para que essas marcas não se destaquem no novo revestimento. Além disso, o piso antigo deve estar totalmente limpo para garantir total aderência da argamassa e sobreposição segura do novo material. No entanto, para quem visa ainda mais praticidade, existem no mercado opções do material que podem ser utilizadas por meio de encaixe, dispensando o uso de cola ou argamassa.

Versáteis e resistentes, os pisos emborrachados já eram muito utilizados em ambientes comerciais, hospitais e escolas por suportar tráfego intenso, mas cada vez mais se destacam nas residências, inclusive nas áreas sociais. Além de tudo, são econômicos e sustentáveis – já que são 100% recicláveis.

Podem ser aplicados, ainda, sobre qualquer outro revestimento, desde que o piso anterior esteja em boas condições para garantir um resultado mais duradouro.

LAMINADO

Se o novo revestimento for um piso de madeira laminado, é necessário nivelar o piso anterior com uma manta específica, que além de igualar a superfície, serve para amortecer impactos e ruídos. O piso laminado já vem substituindo, há algum tempo, o tradicional carpete de madeira. Além de ser mais econômico e fácil de instalar, requer pouca manutenção e traz aconchego e sofisticação aos ambientes sociais.

Este revestimento pode ser aplicado sobre a maioria dos pisos existentes, tais como concreto, piso vinílico, chapa metálica, cerâmica, granilite, entre outros.

PINTURA EPÓXI

Com diferentes cores e tipos de acabamento, essa tinta à base de água pode ser aplicada diretamente no taco, cerâmica, pisos de alvenaria e madeira. A grande vantagem está na impermeabilização da área e na facilidade de limpeza. Além de possuir baixo custo, oferece alta resistência à umidade e a produtos químicos. A pintura epóxi pode revestir diversas superfícies, como taco, cerâmica, pisos de alvenaria e madeira. Esse material também possui alta resistência à umidade, por isso a tinta é muito bem-vinda em banheiros, lavabos, cozinhas e áreas de serviço.

DICA NINJA PINTURA EPÓXI:

A Castor desenvolveu um Rolo de Lã para pintura utilizando Epóxi. Conheça o Rolo Mix Epóxi da Castor e garanta já o seu!

Gostou dessas dicas de como fazer sobreposição de revestimento? Então continue de olho no Blog Castor e não perca mais nenhuma novidade!

Referência: AEC Web


Share article on

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *